Enquadramento

DECRETO PRESIDENCIAL 113/19.

O Executivo Angolano, assumiu como um dos eixos de actuação a implementação de programas que visam o aumento dos níveis de empregabilidade, como mecanismo de combate á pobreza e á exclusão social.


Além disso existe o compromisso da criação de cerca de 500,000 postos de trabalho, que deverão ser criados e absorvidos pelo sector produtivo da economia e não pela administração pública como muitas vezes se afirma.


Segundo estimativas do relatório de fundamentação da Proposta para o OGE de 2019, perspectiva-se que a economia angolana cresça 2,8%, como resultado do crescimento de 3,1% no sector petrolífero e de 2,6% no sector não petrolífero, de igual modo, as projecções apontam de inflação anual de 19,7% até finais de 2018. Em 2019 pretende-se atingir uma taxa de inflação de 15%.

Objectivos

Fomentar e apoiar o espírito de iniciativa na juventude, desde os empreendedores já estabelecidos aos emergentes;
Formar jovens empreendedores nos domínios técnico-profissional e de gestão de pequenos negócios;
Contribuir para o processo de promoção da inclusão financeira, fiscal e social dos jovens;
Contribuir para a melhoria do rendimento familiar e como consequência o crescimento e o desenvolvimento socioeconómico do país;
Fomentar o cooperativismo e o associativismo juvenil;
Contribuir para o processo de Combate à Fome e à Pobreza;
Valorizar o exercício das profissões/ocupações, úteis à sociedade;
Contribuir para a bancarização e educação financeira das famílias;
Contribuir para o processo de reconversão da economia informal para a formal;
Proceder à entrega de kits de trabalho para suporte ao auto-emprego e empreendedorismo;

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Nihil odit magnam minima, soluta doloribus reiciendis molestiae placeat unde eos molestias. Quisquam aperiam, pariatur. Tempora, placeat ratione porro voluptate odit minima.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Nihil odit magnam minima, soluta doloribus reiciendis molestiae placeat unde eos molestias. Quisquam aperiam, pariatur. Tempora, placeat ratione porro voluptate odit minima.

principais programas

Resultado esperado

O Executivo Angolano, assumiu como um dos eixos de actuação a implementação de programas que visam o aumento dos níveis de empregabilidade.

12.000

Capacitados

Nos domínios do empreendedorismo e gestão de negócios.

15.000

Capacitados

Em cursos de curta duração.

10.000

Microcréditos

Concedidos.

3.000

Jovens inscritos

No mercado formal através da reconversão de pequenas actividades geradoras de ocupação e rendas.

42.000

Kits Profissionais

Distribuidos.

1.500

Formados dos níveis 3 e 5

Inseridos em programas de estágios profissionais.

Últimas Postagens

Governo garante aumento da taxa de emprego com reforço da política de formação de quadros técnicos


A Ministra do Trabalho, Teresa Dias, avançou que, apesar do cenário económico actual, há uma orientação definida pelo Titular do Poder Executivo para a mobilização…

Executivo anuncia ajustamento no Plano da empregabilidade


A Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias, disse que assim como as outras acções públicas, o PAPE, que é de iniciativa do Presidente da República…

Quarentena não pode ser transformada em férias laborais


O secretário de Estado do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Pedro José Filipe, afirmou, ontem, em luanda, que no quadro jurídico existente, da lei geral do Trabalho…


  • A juventude é uma das nossas principais prioridades. A aposta passa pela criação de emprego e inserção no mercado de trabalho, bem como a educação no sentido do amor à Pátria, no respeito pelos valores e tradições do nosso povo. Estamos juntos, rumo à construção de um futuro melhor para Angola e para os Angolanos

    Sua Excelência Presidente da República
    “João Lourenço”

  • Fale Conosco